segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

DONS DO ESPIRITO SANTO

1ª. Co 12:1,4 “A respeito dos dons espirituais, não quero, irmãos, que
sejais ignorantes. Ora, os dons são diversos, mas o Espírito é o mesmo.”

PENSAMENTO: A igreja tradicional e conservadora acredita que os dons do Espírito Santo já passaram, que as manifestações das línguas foram para o tempo dos apóstolos e que depois da igreja implantada, isso desapareceu. Nós, povo da Graça de Deus, não aceitamos esta posição porque é antibíblica. Sabemos que o mover do Espírito Santo, o louvor, a adoração e a proclamação da Palavra são a base da vida espiritual de uma igreja.


1) A PROMESSA CUMPRIDA NO DIA DE PENTECOSTES
a) At 2:1-13 Eles falaram idiomas conhecidos e desconhecidos (a manifestação sobrenatural mostrara o cumprimento da promessa).
b) 1ª. Co 13:1 Existem línguas dos homens e línguas espirituais (dos anjos).
c) At 2:7–11 Eles falavam em línguas dos homens (idiomas).

2) AS MANIFESTAÇÕES DO ESPÍRITO SANTO
a) 1ª. Co 12:7 O Espírito Santo dá dons, porque eles tem proveito, tem uma missão, tem um fim.
b) 1ª. Co 12:4 São várias as manifestações do Espírito Santo, mas é o mesmo Deus quem opera.

3) DONS
a) Ef 4:11,12 Dons para o estabelecimento da igreja e para o aperfeiçoamento do corpo de Cristo.
b) 1ª. Co 12:8-11 Dons para a edificação da igreja, através dos membros, à medida que são necessários e conforme o Espírito Santo deseja.
c) Rm 12:7,8 Dons para o serviço e para alcançar os de fora. (administração governo, contribuição, etc.).

4) ENTENDENDO OS DONS
a) 1ª.Co 12: 8(a) - Palavra da Sabedoria - É uma revelação que nos ensina a proceder devidamente em dificuldades e situações diversas
b) 1ª. Co 12:8 (b) -  Palavra do Conhecimento - É a palavra que Deus dá, sempre em harmonia com a Bíblia, que nos traz luz, orientação e nos faz crer de forma correta. Pode se manifestar através da pregação, da profecia manifestada à igreja, de visões, de sonhos, etc.
c) 1a. Co 12:9 (a)  -  Fé - Vai além da fé para crer para salvação. É uma manifestação sobrenatural de fé especial para certas situações que exigem esse posicionamento.
d) 1ª. Co 12:9 (b) - Dons de Curar - É a manifestação de um dom para o enfermo que tem necessidade na igreja. Este dom tem uma variedade de formas de se manifesta.
e) 1ª. Co  12:10 (a)  -  Operações de Milagres ou de Maravilhas - São muitas variedades de milagres ou atos de poder que estão disponíveis para mostrar um grande poder sobrenatural que vai além de qualquer coisa realizada pelo homem. São intervenções divinas que se distinguem das curas.
f) 1ª. Co 12:10 (b) – Profecia - É uma palavra de assistência espiritual pública. A maior profecia é a Palavra de Deus exposta à igreja. Através da Profecia o Espírito Santo toca nos pontos sensíveis, revela o que está oculto, produz a convicção e a adoração, bem como o encorajamento e o estímulo à ação. A  Profecia edifica, consola e exorta a igreja.
g) 1ª. Co 12:10 (c) - Discernimento de Espíritos - É uma percepção sobrenatural para diferenciar entre os espíritos bons (eleitos) e maus (ímpios), genuínos ou falsos, a fim de entendermos os propósitos de Deus.
h) 1ª. Co 12:10 (d) - Variedade de Línguas - São sons ou sílabas que parecem sem sentido para a lógica humana, mas são um fator de pura comunicação com Deus. Não importa como as línguas espirituais soam e nem se são idiomas desconhecidos ou de anjos, importa que no momento do falar em línguas o nosso espírito ora de fato.
i)1ª. Co12:10 (e)  /1ª. Co  12:30 / 1ª.Co 14:5,13,26)  -  Interpretação das Línguas - É a revelação dada pelo Espírito Santo sobre o significado ou conteúdo da expressão vocal em línguas. Essa interpretação pode vir de várias maneiras: por visão, por interpretação simultânea, por interpretação sucessiva, por sugestão ou conforme o Senhor determinar.

PALAVRA FINAL – Dom vem da palavra grega “carisma”. Temos que ser sensíveis, estar abertos, não duvidar, para que Deus manifeste os seus dons. Cremos na vida do Espírito de Deus na Igreja porque os dons já estão no nosso espírito esperando para que Deus os manifeste. Deus manifesta os seus dons no meio dos louvores da igreja, no  meio da adoração, nos momentos de oração e profunda comunhão do Corpo de Cristo. (1ª. Co 12:31,1ª. Co 14:40)

Fonte: www.cristovive.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário